SIMULADO: Os impactos da gravidez entre adolescentes brasileiras

INSTRUÇÕES PARA A REDAÇÃO


1. O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.

2. O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas.

3. A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção.

4. Receberá nota zero, em qualquer das situações expressas a seguir, a redação que:

      4.1. tiver até 7 (sete) linhas escritas, sendo considerada “texto insuficiente”.

      4.2. fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo.

      4.3. apresentar parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto.



TEXTOS MOTIVADORES


TEXTO I


O ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

DO DIREITO À VIDA E À SAÚDE


Art. 7º A criança e o adolescente têm direito a proteção à vida e à saúde, mediante a efetivação de políticas sociais públicas que permitam o nascimento e o desenvolvimento sadio e harmonioso, em condições dignas de existência.


Art. 8º É assegurado à gestante, através do Sistema Único de Saúde, o atendimento pré e perinatal.

§ 1º A gestante será encaminhada aos diferentes níveis de atendimento, segundo critérios médicos específicos, obedecendo-se aos princípios de regionalização e hierarquização do Sistema.

§ 2º A parturiente será atendida preferencialmente pelo mesmo médico que a acompanhou na fase pré-natal.

§ 3º Incumbe ao Poder Público propiciar apoio alimentar à gestante e à nutriz que dele necessitem.


Referência: Clique aqui.


TEXTO II


O Brasil está acima da média mundial e tem registrado altas taxas de gravidez precoce em relação a outros países, inclusive entre as menores faixas etárias. De acordo com dados do Ministério da Saúde reunidos pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), são mais de 19 mil nascidos vivos por ano de mães com idade entre 10 a 14 anos. De acordo com o relatório sobre a Situação da População Mundial do Fundo de População da ONU, o Brasil tem uma taxa de fecundidade específica na adolescência acima da média mundial: são 53 adolescentes grávidas a cada mil, enquanto no mundo são 41, o que demonstra um “rejuvenescimento da fecundidade”. Isso também tende a indicar uma dificuldade de se garantir o fortalecimento de trajetórias, os direitos e a saúde de adolescentes no país, considerando-se que na grande maioria das vezes a gravidez nessa idade não é intencional e, frequentemente, também está relacionada a situações de abusos e violência sexual.


Referência: Clique aqui.



TEXTO III


Referência: Clique aqui.


PROPOSTA


A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema: “Os impactos da gravidez entre adolescentes brasileiras”, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.


Acesso Rápido

Contexto Online

Fale com a gente

contexto.online1000@gmail.com

Atendimento: 08:00h às 22:00h

Explore

Blog 1

Blog 2

Redes Sociais

Transparência

Termos de Uso

Politíca de Privacidade

Assine nossa Newsletter

Copyright © 2021 Contexto Online