Os desafios da mobilidade urbana sustentável no Brasil



INSTRUÇÕES PARA A REDAÇÃO


1. O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado. 

2. O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas. 

3. A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção. 

4. Receberá nota zero, em qualquer das situações expressas a seguir, a redação que: 

4.1. tiver até 7 (sete) linhas escritas, sendo considerada “texto insuficiente”. 

4.2. fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo. 

4.3. apresentar parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto.


TEXTOS MOTIVADORES

TEXTO I


O crescimento populacional acelerado e a alta concentração de pessoas nas cidades impõem grandes desafios à mobilidade urbana. Hoje, metade dos sete bilhões de habitantes do planeta já vivem em metrópoles e a projeção da Organização das Nações Unidas (ONU) é que esse índice chegue a 70% em 2050. Garantir que todas as pessoas consigam fazer seus deslocamentos diários de forma rápida, eficiente e sustentável ainda é um ideal longe de ser alcançado em muitos lugares do mundo. Na América Latina, a maior fonte de emissão de gases de efeito estufa são os meios de transporte. Por isso, não é possível dissociar os problemas de mobilidade das mudanças climáticas, explica Ilan Cuperstein, vice-diretor para América Latina da organização C40. A rede internacional é formada por mais de 90 cidades que se comprometeram a zerar as emissões até 2050.


https://tvbrasil.ebc.com.br/caminhos-da-reportagem/2019/05/os-desafios-da-mobilidade-urbana-sustentavel


TEXTO II

A mobilidade sustentável foi um dos temas discutidos na 23ª sessão da Conferência da Partes (COP 23), realizada em novembro de 2017, na Alemanha, reunindo autoridades de mais de 200 países para debater metas ambientais coordenadas entre nações. Uma das ações mais relevantes surgidas no evento foi a formação da Aliança para a Descarbonização do Transporte. França, Holanda, Costa Rica e Portugal, que capitaneou a iniciativa, são alguns países que participam do grupo, assim como empresas como Michelin, Alstom e Itaipu Binacional. O Brasil, por sua vez, vive alguns desafios. Dados do Sistema de Estimativas de Emissões e Remoções de Gases de Efeito Estufa (SEEG), referentes a 2016, indicam um aumento de 4% no consumo de gasolina em veículos leves, enquanto o etanol caiu 10% na comparação com o ano anterior. Ainda segundo o SEEG, o total de emissões de CO² pelos sistemas de transporte de cargas e de passageiros aumentou quase 40% nos últimos dez anos. Além disso, no COP 23, o país foi duramente criticado devido à Medida Provisória 795, que dá incentivos fiscais a companhias petrolíferas. A MP, que concede várias isenções de impostos até 2040 a empresas que atuam na exploração e produção de petróleo, foi aprovada no Congresso em dezembro.

https://g1.globo.com/especial-publicitario/em-movimento/ccr/noticia/sustentabilidade-e-desafio-para-a-mobilidade-urbana.ghtml


PROPOSTA DE REDAÇÃO 

A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema:Os desafios da mobilidade urbana sustentável no Brasil”, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.