A precarização das condições de trabalho no Brasil



A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema:A precarização das condições de trabalho no Brasil”, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista. 

TEXTO I


Art. 3º CLT – “Considera-se empregado toda pessoa física que prestar serviços de natureza não eventual a empregador, sob a dependência deste e mediante salário.

Parágrafo único – Não haverá distinções relativas à espécie de emprego e à condição de trabalhador, nem entre o trabalho intelectual, técnico e manual.”

Sancionada em 1943 pelo então presidente Getúlio Vargas, a CLT, como o nome já indica, foi responsável por unificar as leis de Direito do Trabalho existentes até o momento. Portanto, não foi um trabalho de curto prazo, mas resultado de ações anteriores. De igual modo, ela continua em mudança, conforme também se modifica a sociedade. A mais recente e impactante alteração da CLT ocorreu em 2017 com a chamada Reforma Trabalhista – Lei 13.467/2017. E ao longo dos últimos anos, vários artigos foram publicados acerca dos impactos da legislação no ordenamento jurídico brasileiro.

https://blog.sajadv.com.br/clt/

TEXTO II 


Estamos vivendo um momento crítico no Brasil com a crise econômica onde os governos querem fazer com que os trabalhadores paguem pela crise para seguir mantendo seus lucros, e todas as categorias do país amargam a precarização do trabalho com a reforma trabalhista e o avanço das privatizações, no país onde metade da população brasileira hoje sobrevive com até R$500 de renda*, 12% da população segue desempregada e agora temos aprovada a absurda reforma da previdência que vai fazer com que o povo não se aposente e trabalhe até morrer.


http://www.esquerdadiario.com.br/A-precarizacao-do-trabalho-no-Brasil-e-suas-consequencias-para-os-metroviarios-e-a-populacao


TEXTO III